Apresentação



“Não sou advogado do ex-deputado, mas o cumprimento do mandado de prisão não cabe ao sentenciado, e sim às autoridades, que têm que fazer diligências nesse sentido”, disse Maurício Pereira, na Diário FM.