Derrapada



Dílson também diz que atraso de 2 meses no salário dos funcionários do município não foram determinantes para que perdesse trono na PMZ.
Atribui derrota à conjuntura política, afirmando que pelo conjunto da obra reeleição seria o caminho mais apropriado.