Nada a ver



Davi diz que “uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”, em alusão ao apoio do PSL a Maia pra Câmara Federal; se isso não diminui suas chances em relação ao Senado, sendo ambos do DEM.
E cita caso do PMDB, que, ao mesmo tempo, já ocupou as duas casas (Cunha e Renan).