Trono



Sueli Pini pavimenta retorno ao comando do Tjap com eleição sacramentada, por unanimidade, para a vice-presidência da Corte.
Posse será em 1º de março, fazendo trio com Lages (presidente) e Eduardo Contreras (corregedor). Tork vai para a Escola Judicial.