Manobra



Em nota, Setap dispara contra a CVM por conto do anúncio de criação da CPI do Transporte.
Diz que medida é “manobra oportunista” e, se prosperar, vai questionar porque vereadores “foram omissos na discussão da tarifa dos ônibus”.