Riscos



Gregos e troianos concordam: barragens no Amapá podem ser varridas do mapa deixando rastros imensuráveis de destruição se não houve fiscalização séria dos órgãos pertinentes