Tiro no bolso



Como se esperava, reajuste do gás de cozinha nas refinarias levou produto no AP ao pódio da carestia nacional.
Botijão passa a custar R$ 80 em média em Macapá. No Oiapoque o prejuízo é maior, ultrapassando R$ 100.
Até onde isso vai parar ninguém pode prever.