Crime



Postos praticam preços diferenciados na venda de combustíveis no cartão e no dinheiro em Macapá e Santana, ferindo de morte o CDC.
Após constatar crime, Procon já pediu à polícia civil para agir.