Jornalista Pedro de Paula Rodrigues (Pepê) morre de infarto



 

Com o mais profundo pesar, cabe a mim comunicar a vocês que o amigo, poeta, jornalista e advogado, nessa ordem, Pedro de Paula Rodrigues, o Pepê na intimidade, morreu de infarto hoje pela manhã (27/04).
Pepê estava em casa, quando sentiu falta de ar. Ainda foi levado à UBS Lélio Silva, perto de sua casa, para atendimento de urgência, mas já chegou morto.
Antes de se mudar para Brasília, Pedro foi nosso colega anos afio na redação do jornal Diário do Amapá e, já de volta a Macapá, ultimamente vinha colaborando com a Revista Diário.
Ele também trabalhou com Haroldo Franco no Jornal do Povo, onde começou carreira no jornalismo.
Com o talento que Deus lhe deu, escrevia rápido, seguro e sempre priorizando o regionalismo como conteúdo.
Pedro de Paula Rodrigues (Pepê), que tinha 59 anos, deixa esposa e 3 filhos pequenos.
Infelizmente, queridos e estimados amigos também adoecem e morrem.
Pêsames do Sistema Diário de Comunicação à família.

Luiz Melo
Diretor-Superintendente