Judicialização



Pelo que ocorreu na Câmara, com ânimos acirrados e excesso de excessos, no tudo ou nada, já se espera judicialização, de novo.
Pelo menos o vereador Dídio já ensaiou ato com pedido, recusado, para suspender o pleito.