“Momento ímpar”



“Hoje, além do presidente do CN, que é amapaense, temos um governador, WGóes, presidente do Fórum da Amazônia Legal. Isso é muito importante porque as políticas públicas eram discutidas isoladamente por cada estado, e agora a discussão é conjunta”, pontua Negrão.