Quiprocó



O ‘quebra-pau’ começou a partir de discussão acirrada entre Caetano Bentes e Yuri Pelaes, este último presidindo a sessão.
Pelaes mandou cortar microfone de Bentes, que, aos ‘berros’, reagiu levando dedo em riste, mas contido, fisicamente, com um empurrão no peito.
E daí em diante foi um Deus nos acuda.