Bate, rebate



Bolsonaro se solidariza com povo venezuelano e, ao mesmo tempo, culpa PT, PSol e alinhados ideológicos (Rede, de tabela), por “apoio a Maduro”.
Randolfe, ‘mordido’, no contragolpe critica corte de recursos das universidades e abre hashtag:
“Vá trabalhar e estudar, Bolsonaro (e leve sua prole)!”.