Cuidado



Antes da canetada pela domiciliar de Moisés, Lages checou se processo recomendava ‘segredo de justiça’.
Nada a ver nos autos, logo nos conformes para o bater do martelo.