Bastidores



Muito bem articulado atualmente, seja no Congresso ou no Executivo, Davi já costura pra alterar regimento no Senado.

Pé de ouvido

Logrando êxito, ganha condições legais de ir à reeleição à presidência do Senado por mais 2 anos.

Robustez

Até 2022 na presidência, Davi faria parelha com o fim de seu mandato como senador, espelhando imagem na mídia e bem mais fortalecido politicamente.

Vantagem

E, como consequência, com trilha devidamente cimentada pra, mais folgado, buscar novo mandato como senador, ou mesmo voltar a insistir com projeto do Setentrião.

Otimismo

Ouvido pela coluna, Lucas (PSD) acha muito provável que Davi consiga apoio pra mexer no regimento, “a se considerar o trânsito fácil que tem entre colegas parlamentares”, opina.