Remuneração



Recém-eleita federal, Tabata Amaral (PDT) cobra R$ 13 mil por uma palestra no centro universitário Ceuma, no Maranhão —que desistiu quando soube do cachê.