Interdito



Mesmo proibidas constitucionalmente, por agredirem meio-ambiente, sacolas plásticas continuam sendo usadas nos supermercados —não só aqui, mas noutros estados também.

Alto astral



Colega cá de casa, Douglas Lima entrevistou Jarbas Gato para a nova edição da Revista Diário, em julho.
Contou-me: “um pouco mais velho e já com alguns estalos no madeirame [normal pra idade dele], mas absolutamente lúcido, cônscio, irreverente e sem perder a alegria que sempre o caracterizou.”

Tensão



Em Tartarugalzinho, quadrilha apavora a cidade com vinte reféns sob ameaça de morte, durante assalto à agência dos correios, no município.
Polícia isola quarteirão, mas não evita troca de tiros, com risco para transeuntes desavisados.

Vaidade



 
Acredite: os salões de beleza, em Macapá, são os que menos têm reclamado da crise.
O que reforça: a beleza é fundamental —com licença poética de Vinícius.

Nas paradas



Nada melhor do que um gostoso e largo sorriso pelo estrondoso sucesso de crítica e público, que Lia Sophia faz país adentro, atualmente.
Bom demais!

Turismo



Podem acreditar.
Mazagão, do prefeito Dilson Borges, vira ponto de atração de macapaenses em fins de semana, quando a ponte do Matapi já estiver com tráfego em voga.
É, sem dúvida, uma belíssima região!

Amuleto



O Ypiranga resolveu inovar.
Apelidado de ‘coruja’, vai de mascote para os gramados durante jogos do Amapazão, já batendo na porta.
Gostei!

Vigor



Casal Jarbas/Verônica e filhas, quando ouvidos em entrevista para a edição de julho da Revista Diário. 
Tudo a ver!

Grato



 

Procurador Manoel Brito nos cumprimentos com WGóes, no Setentrião, quando recebia decreto de nomeação pro desembargo no Tjap, na vaga de Luiz Carlos, já aposentado.
Brito também foi Procurador Geral do MP, época em que Barcellos era governador.

Preferência



Já nomeado desembargador, Manoel Brito, com 7 pontos, foi o menos votado na lista tríplice que o Tjap mandou pro Setentrião.
Com 13, mas preterido na hora do preto no branco, era Crispino quem liderava.

Delito



Porte de arma branca (faca) passa a ser crime, se ´projeto de DaLua for aprovado na AL, depois do recesso.
Ele justifica: “Não sei se o cidadão já sai com o mal na cabeça, e se isso vai modificar alguma coisa. Mas pelo menos as forças de segurança terão um instrumento para impedir que isso aconteça, nós vamos ter”, adita o parlamentar.

Troca de cabeça



A se confirmar, Eliete Borges já não mais pinta e borda na SIMS, exonerada ao entardecer de hoje.
É Nazaré Farias, que já passou pela Seafro, quem assume mandarinato, já a partir de amanhã, inclusive.

Plantão



Moisés Souza (AL): “Apesar do recesso, não vamos parar de trabalhar. A qualquer momento, se o povo do Amapá nos chamar, estaremos prontos para votar”.

Danos



Geólogo e ex-deputado, Feijão quer parlamentares pressionando empresas a explicarem tintim por tintim razão das agressões ambientais a partir de hidrelétricas construídas ao longo Rio Araguari.
Além do turismo, já prejudicado, agora as cidades —Ferreira Gomes e Porto Grande, mais precisamente, também sob ameaça de serem engolidas pelo avanço descontrolado das águas.