Poder



Pelo quadro desenhado, quem de fato manda são os órgãos de controle, que assumem poder de exonerar cargos de confiança, priorizar atendimentos médicos e até mesmo destinação e recursos para determinadas áreas.
Atirando independência dos Poderes ralo abaixo.

Vigília



Equipes da Lei Seca (Detran) prometem vigília permanente até final de dezembro pra cumprir meta de mil abordagens em 2019.
Com foco na diminuição de acidentes, que deixam índices assustadores de morte e mutilações nas rodovias do Amapá.

Templo de arte



Museu Sacaca se consolida como ‘templo da arte e da cultura’, com espetáculos de repertórios pra diferentes gostos.
Neste sábado muita gente se embalou com Cley Lunna e seu contagiante show ‘Diz Que Fui Por Aí’.

Indicação



Demonstrando descontentamento com Resolução do MPF pra exonerar Daniel Sebben da SDR, Waldez deixa claro que a escolha, técnica, atendeu pleito de 15 entidades representativas do setor produtivo do Amapá.

Homenagem



UBMA relembra tempos áureos do carnaval amapaense a partir do meio-dia com o Bloco CHAranGAS, em show homenageando Francisco Chagas, um dos baluartes do Carnaval amapaense.

Na luta



Patrícia Ferraz segue consumindo cartucho pra abater André Abdon e, enfim, assumir cadeira como federal, em Brasília.
A ver com coeficiente do PSC, contabilizado indevidamente em favor de Abdon (PP).

QI



PR nega que Odnaldo, o novo morubixaba do DNIT, também tenha levado digital de Vinícius, a exemplo de Vilarinho, já defenestrado.

Quem sabe



Ou Capi ou Janete, um dos dois deve ir à sucessão de Clécio, ano que vem.
Pelo menos é o que já se fala à boca miúda cidade adentro.
Eles negam.

Cadafalso



Davi tem se aconselhado com Tasso, principalmente, ao avaliar episódio ‘fraude’ na eleição no Senado.
Seis senadores são suspeitos e, se usar fio da espada, pelo menos um deles pode ser cassado.
“Dói, mas se poupar cabeças é a instituição que sai perdendo”, tem dito o senador cearense.

Demissível



Sob implicância de Carlos, filho do chefe Jair, Bebianno já conclui: “A tendência é essa, exoneração.”
—O que deve ocorrer na segunda, 18, não mais tarde, já admite o ainda ministro.

Faz de conta



Pelo levantamento em curso, candidatos laranjas —aqueles que só entraram pra se dar bem com grana do fundo partidário— chegam a 51, espalhados Brasil adentro, inclusive no Amapá.
E desses 51, 45 são mulheres.
Eita!

Parcerias



Presidente da CEF, Pedro Guimarães promete parcerias com estados e municípios para fomentar desenvolvimento da Região Norte, Amapá como prioridade, disse à Diário FM.

Cortes



Não é bem do jeito que foi alardeado cortes de patrocínios do governo federal para esporte e cultura.
Na realidade houve apenas uma curva, “para atender os pequenos e priorizar investimentos locais”, explica Guimarães.

Fomento



“A primeira coisa que fizemos foi cortar patrocínio do futebol profissional e agora vamos fazer com que esses patrocínios tenham efeito localmente, em todos os 27 estados. Nossas ações vão focar o aspecto regional, da ‘padaria do ‘seu’ Joaquim, fazendo com que os patrocínios façam sentido para a população local”.
Pedro Guimarães, presidente da CEF

“Juntando”



A máxima bíblica do “quem não junta, espalha” é pregada por Camilo (PSB), pedindo união da bancada em torno de Davi. Para quem, como presidente do Senado, terá munição de sobra pra colocar o Amapá “nos trilhos do desenvolvimento”.