Surdina



Por conta do bate e rebate entre Marcivânia (PCdoB) e Izabel (PT), Robson, incólume, vai conquistando generosos espaços na corrida pela reeleição, em Santana —observam PhDs.

Fora



Se Lei Eleitoral cumprida à risca, pelo menos Promotor Moisés não deve ter acesso a debates com candidatos no rádio e televisão.
Porque o PEN não tem representação o suficiente (mais de 9 deputados) na Câmara Federal, em Brasília.

Liderança



Quis saber por que a opção por Telma Nery como vice de Clécio.
Resposta de batepronto do meu interlocutor: “É boa de ponte!”.
Noutras palavras, carismática no trato com eleitorado periférico.

Jamais



Randolfe descarta qualquer suposto acordo de ‘voto casado’ com WGóes para o Senado em 18, como levado às redes.
“Temos uma relação respeitosa, mas sem nenhuma chance de ajuntamento político”, corrigiu o senador, ‘rapidamente falando, ligeiramente dizendo’, hoje.

Xilindró



Jornais que tiveram acesso à delação da Odebrecht já preveem que, por conta de tudo aquilo, Lula e Dilma não escapam da cadeia.
Será?

Privatização



Depois de roubada até nas tripas anos a fio, pobre CEA já está sendo preparada pra ser vendida.
Aliás, doada, pelo valor simbólico de 1 real, mas com novo dono assumindo contabilidade de passivos astronômicos da empresa.

Fantástico!



Pra mim, o mais belo da abertura das Olimpíadas foi ver Gisele Bündchen desfilar, assim, deslumbrante, ali, simplesmente caminhando.
E, como se não bastasse, com ‘Garota de Ipanema’ de fundo …
Inesquecível!

Modelo



Ativíssimo, Jota Ney continua sendo um exemplo de profissional do rádio, estado afora.
Assíduo como ninguém, de bom conteúdo e dono de um repertório invejável.
Infelizmente, hoje em dia já não se faz radialista como antigamente.

Genial



Mineiro de BH, Pitanguy, este, sim!, um gênio, foi um dia chamado de “Michelangelo do bisturi”, pela revista alemã Der Spiegel.
Tão respeitado que colegas de profissão apelidaram o consultório dele de ‘Ateliê’.

Expediente corrido



Finalmente, uma réstia de luz sobre as sombras do Trapiche Eliezer Levy.
Já estudam estender visitação pública até um pouco mais tarde, aragem noturna adentro.

Diálogo



Troquei seguidos minutos de prosa com Sarney, hoje.
O Amapá já com a ZFV (projeto dele) e os efeitos da crise país afora, como pauta de fundo.

Audiência



Não sei se por seguidos mais baixos do que altos, de repente plenário da Alap passou a ser menos atraente aos olhos das torcidas, que já não enchem galerias como noutros tempos.

Faz de conta



Como se tatuar o corpo com nome da dita pessoa ‘amada’ fosse uma demonstração de extrema, verdadeira e eterna sinceridade.
Tudo coisa pra inglês ver e bobo velho acreditar.
Não cola.

Ranzinza



Recorram ao diário de Charles Darwin e veja o que ele botou lá sobre as mulheres:
“… Elas acostumaram-se aos tons ríspidos das ordens e ao desdém das reprimendas”, escreveu. “Seus modos raramente são amenizados por expressões afetuosas: elas nascem mulheres, mas morrem pestes.”

Farra



Para os mais desinformados ou menos interessados, eleição é um bom motivo pra dançar e cantar, mesmo sabendo que estão enganando a si mesmos.