Porto seguro



Já decidido a deixar o Psol, Clécio ainda corre atrás de abano pra se abanar.
Leia-se, novo partido político por onde vai esgrimir com adversários pela reeleição à prefeitura, ano que vem.
O PT, quem sabe.

Plantão



Tem ‘mutirão’ o dia todo amanhã na Sead, pra atender retardatários a caminho da transposição.
Lembrete: só acessa máquina do tempo servidores com registro funcional até ano 93.

Maldade



Jozi, hoje deputada, jura que logo, logo bota pingo nos ‘Is’, pra conter solavancos sobre supostos malfeitos na Fieap.
“É tudo armação pra enodoar reputação e atrapalhar avanços políticos”, dispara abespinhada.

Desejo



Atual sonho de consumo de Aline Gurgel.
Virar senadora, mas antes consumando reeleição à vereança, ano que vem.

Arma branca



Vizinhos que brigavam no Nova Esperança, quando Clécio visitava, hoje, usavam paus e facões, ao invés de armas de fogo, logo sem ‘bala perdida’, como levado às redes

Duelo



Clécio quase vira vítima de bala perdida, hoje, quando 2 vizinhos, resolvendo rixa antiga, trocavam tiros bem próximo onde conversava com moradores sobre reformar e construir passarelas no Nova Esperança, na Zona Sul.
Mas sem infarto agudo do miocárdio, ao fim e ao cabo.
Ufa!

Olho no olho



 

De repente, Capiberibe surpreende as arquibancadas.
Inimigos reconhecidos e aclamados, protocola pedido de audiência com Waldez, no Setentrião, pra falar sobre o ‘Igarapé Sustentável’ —projeto para o qual diz já ter garantidos R$ 13 milhões, em Brasília.

Proeza



Com notoriedade a partir do programa LuizMeloEntrevista, vovó Iaiá já se prepara pra saltar de paraquedas pela quarta vez.
Domingo estará no Faustão (Globo) pra contar como tudo começou.

Superfaturamento



Auditorias do TCU já ligam desconfiômetros sobre possibilidade de superfaturamento em obras da BR 156.
Mesmo sendo responsa do governo passado, Setentrião já foi notificado para maiores explicações.

Esquecimento



Nem mais um pio se ouve em Brasília sobre a tal fusão do PPS com o PSB.
Bom para os planos de Amanajás, que tem a poltrona de Clécio como a sua principal mobília de cobiça política, ano que vem.

Empurrão



Enquanto a CEF fecha, a Afap, pela via de consignados, reabre linhas de crédito para financiamento de construção e equipamentos para servidores públicos estaduais.

Coragem



Depois que Thabhatha escancarou armário e até mudou nome em registro civil, fila no cartório não mais parou de crescer, com ‘eles’ e ‘elas’ dispostos a assumir de papel passado opção transexual.