Chambre



Fechando bem vividos 70 anos no costado, Manoel Dias chega à compulsória no TCE na quarta, 16.
Apoiado pela AL, JK segue como o mais provável novo conselheiro, mas ainda sujeito a parecer da Associação dos Tribunais de Contas (Atricon), diz assessoria da presidente Elizabeth

Imortal



Ex-deputado, Keka Cantuária, que também usa óleo sobre tela, agora vai de ‘Asas da Imaginação’, livro assim de contos e poemas iluminados.
Aconselho.

Acolhida



O aeroporto, hoje, mais parecia em dia de graça e sedução, assim de gente para abraçar Sarney que chegava ‘pra matar saudades dos amigos’, como disse ao desembarcar.
WGóes foi quem pilotou receptivo de boas-vindas.

Solenidades



A convite de WGóes, Sarney, logo cedo, amanhã, carimba retomada de obras do novo aeroporto.
E depois, bota pé na estrada até Mazagão, onde inaugura canteiro de obras do prefeito Dilson Borges.

Será?



Sei, não.
Mas Waldez e Moisés, por mais risonhos que pareçam, não revelavam clima de ‘amiguinhos queridos’, no aeroporto, hoje.
Vai ver que não cobri direito a vidraça, e tudo aquilo não passava da mais forte ilusão de ótica.
Que seja, então.

Sauna



Que fique registrado: está uma ‘droga’ o sistema de refrigeração do Aeroporto de Macapá. 
Enquanto esperava Sarney, suei quase toda a água do corpo, hoje.
Vixe!

Rejeição



A Justiça não concedeu liminar pedida por Aline e Washington, pra brecar preço de R$ 2,75 na passagem de ônibus, em Macapá.
Mantido.

Descontentamento



Com André Abdon já usando braçadeira de morubixaba, Papaléo, vexado, disse que não fica no PP, mas ainda não sabe pra onde ir.
“Sim. Também sou aspirante ao cargo de prefeito de Macapá”, me disse, hoje.

Útil ao agradável



O Memorial Amapá vai abraçar a ideia de transformar o Glicério Marques num shopping center, como já sugerido aqui.
Preservando fachada principal, campo de jogo —menor, mas oficial, e também com arquibancadas no entorno.
Projeto já na prancheta.

Reticente



O que Rosemiro Rocha disse pra Feijão, hoje, sobre candidatura pro Senado.
“É uma possibilidade, mas ainda não estou plenamente convencido se é bem isso que quero fazer”, aditou o ex-deputado.

Esperança



Recém-chegada de Brasília, levei dedos de prosa com a secretária Goreth (Sead) sobre os 1.050 servidores, alguns até já fora de folha.
Foi direto ao ponto: “Situação nada fácil de ser contornada, mas ainda não impossível. Sarney prometeu ajudar”, dissse.

Reflexão



Nem tão muito animado, Sarney admite que Dilma supera ‘trancos’ da crise, “mas o país ainda leva algum tempo pra voltar a respirar aliviado”, pondera.

Bem-vinda



Já pouco recorrendo à cadeira de rodas, apesar de seguidas cirurgias no joelho, dona Marly também veio com Sarney para uma visita de dois dias a Macapá.

Paizão



‘Marinheiro de primeira viagem’, Cabuçu Borges confessa ter sempre buscado ombro amigo de Sarney, pra encurtar caminho e facilitar incursões nos gabinetes ministeriais, em Brasília. 
“Além do prestígio de que ainda goza, nunca se esquiva em ajudar, tão grande é o carinho que nutre pelo Amapá”, diz o deputado.