Dilson Borges lamenta saída de Sarney do Senado e anuncia 14 km de asfalto para Mazagão



O prefeito de Mazagão, Dílson Borges (PMDB) anunciou nesta quarta-feira, 28, que até o mês de março já estará liberada a licitação para a pavimentação da sede do Município. De acordo com ele, são 14 quilômetros de asfalto garantidos através de emenda parlamentar do senador José Sarney (PMDB), com investimentos de R$ 16 milhões, já incluída a contrapartida do governo do Estado.

“Já estive com o gerente de governo da Caixa Econômica Federal em Macapá, o projeto já foi entregue a ele e ao governador Waldez Góes, agora é só esperar os trâmites burocráticos para a liberação dos recursos, para então iniciarmos o processo licitatório. Essa é mais uma grande conquista da atual gestão para o povo de Mazagão, considerando que há mais de 20 anos o Município não recebe um só metro de asfalto”, comemorou Dílson no programa LuizMeloEntrevista, da Rádio DiárioFM.

Dílson Borges lamentou a saída de José Sarney do Senado, porque, segundo ele, “o Senador foi o responsável pela viabilização de grandes e importantes obras para o Município. Na realidade, ele foi o único Senador da bancada do Amapá que direcionou emendas parlamentares e viabilizou recursos através de convênios. Espero que a omissão dos demais senadores seja corrigida a partir deste ano”, cobrou.

Outra obra importante que está em andamento em Mazagão é a construção do Terminal Rodoviário: “Há décadas que o terminal de Mazagão é embaixo de uma árvore. Os usuários de transportes coletivos ficavam à mercê do sol e da chuva. Senti o drama e fiz gestões em Brasília junto à deputada Dalva Figueiredo, que atendeu o nosso apelo e direcionou emenda parlamentar para a construção do Terminal, que está sendo executado e será inaugurado no mesmo dia da inauguração da ponte sobre o Rio Matapi”, prevê o Prefeito.

Para Dílson Borges, conseguir verbas em Brasília depende de muita articulação dos prefeitos, principalmente junto à bancada parlamentar do Estado: “Mazagão tem sido um exemplo para os demais municípios, porque constituímos uma equipe técnica competente justamente para não termos problemas com projetos. Na nossa gestão os projetos são produzidos quase que simultaneamente ao anúncio da disponibilização dos recursos, e esses recursos são garantidos através de uma articulação política habilidosa, tanto que dos 8 deputados federais da bancada do Amapá apenas a deputada Janete Capiberibe não disponibilizou uma só emenda parlamentar para o Município”, relatou Dílson.

O Prefeito elencou várias outras obras que estão em andamento, das quais se destacam: duas Unidades Básicas de Saúde; 2 quadras poliesportivas cobertas e com vestiário; construção dos prédios da Prefeitura e da garagem municipal; pavimentação em seixo sextavado (bloquete) das ruas e avenidas do Bairro Olaria e Distrito do Carvão; passarelas em concreto no interior, terraplanagem das ruas e avenidas da sede do Município para recebimento de asfalto, além da retomada da pavimentação da rodovia que liga a sede a Mazagão Velho, que, segundo Dílson foi paralisada no governo passado, mas o governador Waldez Góes já se comprometeu no sentido de retomar as obras.