Fora



Martelo batido.
Confraria Tucuju achou insignificante repasse de R$ 130 mil (governo/prefeitura) e não vai pilotar festa de aniversário de Macapá, em 4 de fevereiro, como noutros anos.