Fuxico



Pelo sim, pelo não, vale o registro.
Sobre um possível novo afastamento de Moisés, mais tardar no finalzinho de janeiro —pra tirá-lo de cena e provocar danos à candidatura dele pela reeleição, em 2 de fevereiro, na AL, comentavam assustados parlamentares aliados do presidente. 
Pelo menos era só o que se ouvia na Rádio Corredor, no legislativo estadual, hoje.