Poder



Eduardo (Câmara) e Renan (Senado): “Sim. Nós temos a força!”.