Vista grossa



Nenhuma dúvida de que o Glicerão, desde a gestão passada, já venha sendo usado por terceiros pra depósito de material de construção.
O que não justifica que tudo aquilo ainda continue imexível, aliás, até se avolumando e já configurando ‘invasão anunciada’, por assim dizer.