Irreverência



Dilma, nos EUA: “Eu não respeito delator, até porque estive presa na ditadura militar e sei o que é”.