Jito



 

Sarney (ex-presidente): “O Moro sequestrou a constituição e o país. O Supremo Tribunal Federal não pode se apequenar.”