Sensatez



Levando a prudência no coldre, Teles (Seplan) preferiu deixar por conta das ‘entrelinhas’ sobre Davi, Capi e Randolfe terem questionado o BNDES justamente quando o governo corria com papelório pra liberar parcelas em atraso.
E, contemporizando, já com dinheiro na conta, não admitiu governo ter levado bola nas costas —se era essa a intenção de adversários, adita o secretário.