À vontade



No caso de Clécio, decisão sobre novo porto seguro onde atracar barca, depois que deixou Psol, pode ser tomada até abril, 6 meses antes da eleição, ano que vem.
É o que está escrito na mini-reforma eleitoral, que acaba de sair da grelha.