Dedicação



Por prejuízo superior a R$ 12 milhões ao erário, Paulo Lemos sobe no telhado e cobra mais empenho de colegas parlamentares na apuração do caso dos títulos podres.