Legalmente



Inocentado no STJ, Miranda, na condição de conselheiro do TCE, pode, sim, continuar fazendo uso restrito de armas, ‘porque goza das mesmas prerrogativas de magistrados’.