Reviravolta



Rechaçado por Mazurek, o MP tinha ido à Justiça não só pra anular decisão sobre posse de JK , mas também pela suspeição de Manoel Brito, que derrubou liminar de Stella Ramos.
Mas ainda ontem o caso tomou novo rumo, com Carlos Tork reconsiderando decisão de Mazurek e, ao mesmo tempo, negando liminar que recolocava JK em condições de posse no TCE.
Resumo da opereta: ida de JK pro TCE segue ainda duvidosa.