À deriva



“O Brasil navega sem comando, sem direção, sem confiança e, por consequência, sem investimentos”, escreve leitor de Veja.