Alívio



Reátegui: “Fico feliz porque mais uma vez Justiça está sendo feita e, no meu caso, com inocência sendo reconhecida. O voto da desembargadora Stella Ramos me absolvendo no TRE reconhece argumentos que venho apresentando desde o começo desse processo”.