Contaminação



Patrícia Brito (Caesa) ainda descarta envenenamento das águas do Araguari, mas, por cautela, garante que empresa já faz coleta para exames de 2 em 2 horas.