Fora



Até bem pouco tempo da bancada governista na AL, médico Furlan votou pelo impeachement de WGóes. 
“Não devo nada pra ninguém. Muito menos explicações”, ponderou.