Tô fora!



Assim, oh!, olho no olho, RGóes me disse.
“Escreve aí no teu chapéu, Melo. Não quero. Não vou ser candidato à prefeitura!”.
Então, tá.
E não se fala mais nisso.