Ameaça



Foi Marcos Reátegui quem disse.
“Mesmo com atos não sustentando afastamento, mas se forçarem barra, Moisés acaba fazendo delação em Brasília, com bomba explodindo no colo de WGóes”, aditou.