Fora!



Se quiserem saber, sou totalmente favorável ao impeachment de Dilma —aliás, à renúncia, mais precisamente.
Uma saída menos trágica e humilhante, porque ninguém gosta de ser mandado embora.