Ameaça



Teles Jr. silencia, mas já se fala na Rádio Corredor, no Setentrião, sobre parcelamento de salários de servidores estaduais no Amapá.
A ver com quedas na receita estadual e cortes bruscos em repasses mensais do FPE.