Maus tratos



Diz-se que a “arquitetura externa tem de dar vontade de entrar. E a interna, de ficar.”
Contraditoriamente ao que se vê nos prédios públicos, os estaduais principalmente, feios, sujos e, internamente, com mobiliário caindo aos pedaços e sem um tantinho sequer de conforto.