QI 



Mais de 10 mil empregos da UDE, invalidados pelo MP, agora serão terceirizados e, inicialmente, absorvidos por empresa sob contrato emergencial.
Não à toa, sendo um ‘negócio da china’ e por dispensar licitação, ‘apadrinhados’ já fervilham no entorno de políticos influentes no Setentrião.
Logo, qualquer derrapada que salte aos olhos, além de desgastar o governo, acaba no colo dos tribunais. 
Sarna pra se coçar.