Contra



Um dos críticos dessa nova jurisprudência, sobre segunda instância, advogado Helder Carneiro também sustenta que decisão do STF viola um dos pilares da Constituição Cidadã, “porque retira direitos e ignora a presunção da inocência”, adita.