Gastança



Segundo relatos do IBGE, Vitória do Jari já foi além da conta em gastos com pessoal: 81% do que arrecada. Fere a lei de Responsabilidade Fiscal e bota prefeito sob alça de mira do TCU.
Macapá, com 66%, vem logo atrás, enquanto Tartarugalzinho levanta troféu de município menos gastador -apenas 46% de sua receita.