Falência



Se não fosse autarquia estadual, Caesa já teria ido pro beleléu com decretação de falência.
Dito pela própria presidente Patrícia, dívida da empresa beira R$ 200 milhões – que vem sendo empurrada de barriga durante décadas.