Irresponsabilidade



Audrey Cardoso (Stiuap): “Retornar a gestão política para a CEA é irresponsabilidade de Vinícius e Jozi. Se acontecer, além da empresa voltar aos tempos de saques desmedidos e sucateamento, quem paga ônus é o GEA, obrigado a quitar, antecipadamente, e de uma só vez, empréstimo de R$ 1,4 bi, usado pra sanear a empresa”.