Pindaíba



Plantonistas, pacientes e acompanhantes das unidades de saúde do estado estão à míngua dede a manhã desta sexta, 29.
Sem receber há três meses, fornecedoras de alimentos deram um basta: só voltam a trabalhar depois que dindim cair na conta.