Vergonha



Joaquim Barbosa (ex-STF) criticou votação do impeachment de Dilma na Câmara, domingo.
Não o mérito, mas, sim, o comportamento dos deputados durante a sessão.
Faz sentido.