Nem aí



Ainda sem maiores explicações, a Setrap simplesmente abandonou obras do muro de arrimo, Aturiá adentro.
Sem dó nem piedade de moradores, com casas literalmente destruídas pelo avanço das águas.